sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Assistente Social - Vila Buarque - São Paulo/SP

Assistente Social - Vila Buarque - São Paulo/SP
Data de Expiração: 19 ago, 2018

A Fundação Vida e Esperança seleciona assistente social para atuar no Projeto Voz Ativa na Comunidade – Serviço de Atendimento a Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência (SPVV). Público-alvo: crianças e adolescentes de zero a 17 anos e 11 meses.
O candidato irá desempenhar as seguintes funções: desenvolver e implementar políticas sociais, garantindo o atendimentos à legislação vigente e viabilizando as atividades e serviços prestados; elaborar e implementar avaliações socioeconômicos dos vários grupos sociais da região, para fins de estudo e planejamento de programas de atuação; realizar visitas domiciliares para a elaboração de diagnósticos ou orientação sobre assuntos de sua competência; participar das reuniões de planejamento/avaliação, visando contribuir, dentro de sua área de atuação, com o desenvolvimento dos trabalhos e projetos; assessorar a equipe de gestão na administração da unidade no que se refere à área de serviço social, respeitando a legislação vigente acompanhando o cumprimento dos prazos e normas previstos na legislação; realizar articulação com órgãos públicos do entorno, de forma a fortalecer a rede de proteção social na comunidade; organizar e manter atualizado o cadastro dos usuários, com fotos e dados familiares, com o intuito de preservar as informações referentes aos projetos desenvolvidos; identificar necessidades e realizar o


encaminhamento de crianças e adolescentes que requeiram tratamento especializado, visando auxiliá-las no seu desenvolvimento; elaborar periodicamente relatório sobre a situação social das crianças e adolescentes e seus familiares, baseados em atividades de pesquisa, mantendo atualizados e disponíveis dados estatísticos completos desta realidade; organizar, com a equipe gestora, reuniões com familiares, responsáveis ou comunidade, sobre assuntos de interesse recíproco, visando à troca de informações sobre o desenvolvimento; orientar socialmente pais, mães, responsáveis, familiares e crianças e adolescentes, visando promover a integração entre a família e a Fundação; emitir relatórios e pareceres sobre assunto da sua especialidade, visando a embasar tecnicamente os projetos e atividades envolvidas; agir sempre de acordo com os princípios e valores da Fundação.
É necessária formação em Serviço Social, experiência de trabalho em organizações do terceiro setor, bem como atuação de no mínimo de seis meses com crianças e adolescente vitimizados.
Além disso, necessário domínio do pacote Office, ter disponibilidade para trabalhar aos sábados quando necessário.
Salário: a combinar, 30 horas semanais.
Vale transporte opcional e alimentação no local.
Os interessados podem encaminhar currículo para e-mail: pedro.altieri@fundacaovidaeesperanca.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.