quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Orientador Socioeducativo R$: 1.730,27 - Jardim Ângela, zona sul de São Paulo - SP

Orientador Socioeducativo R$: 1.730,27 - Jardim Ângela, zona sul de São Paulo - SP
Data de Expiração: 19 ago, 2019
Social Bom Jesus

Organização busca orientador socioeducativo para atuar em Jardim Ângela na zona sul de São Paulo.
Somente uma vaga.
Requisitos para o cargo: escolaridade de nível médio; preferencialmente residir na Região do Distrito do Jardim Ângela e Adjacências; preferencialmente com experiência em programas ou projetos sociais, prioritariamente, no âmbito da Política de Assistência Social.
Habilidades: habilidade com trabalho em equipe; facilidade de comunicação e de relacionamento em grupo; ser flexível, criativo, organizado; bom relacionamento interpessoal, resiliência, busca constante de desenvolvimento pessoal e profissional, motivação. Atribuições: participar na elaboração do planejamento, implantação e execução das atividades do serviço; exercer atividades de apoio e orientação socioeducativa junto às famílias de acordo com a programação e orientação técnica estabelecida; contatar o usuário no domicílio, quando solicitado pelo técnico ou gerente; divulgar na comunidade o funcionamento do serviço como equipamento público da política de assistência social, em conjunto com os demais membros da equipe e em apoio ao CRAS; conhecer os recursos disponíveis em seu território de atuação: rede socioassistencial, saúde, educação e demais serviços públicos; auxiliar na organização e coordenação das atividades socioeducativas e zelar pela ordem das salas e dos materiais utilizados; controlar a frequência dos usuários na execução das atividades internas e externas; receber e encaminhar ao gerente sugestões dos usuários sobre as atividades do serviço; divulgar e orientar as famílias sobre a utilização adequada dos programas, projetos, serviços e benefícios governamentais e não governamentais desenvolvidos no território; realizar visitas domiciliares para identificar necessidades de orientação e registrar o acompanhamento mensal das famílias sob sua responsabilidade; realizar visitas sistemáticas às famílias com idosos ou pessoas com deficiência, em situação de agravo, que necessitem de proteção social básica no domicílio; acompanhar e informar aos técnicos situações que indiquem alteração no comportamento dos usuários, tais como: suspeita de risco, violência, abandono, maus-tratos, negligência, abuso sexual, consumo de drogas e gravidez; identificar e informar aos técnicos situações no território que indiquem risco e vulnerabilidade, tais como: exploração, violência, maus-tratos, ameaças, trabalho infantil, dentre outros; colaborar com informações e registro de dados sobre o território e os usuários do serviço; participar das atividades de supervisão propostas pelos técnicos; acompanhar as reuniões socioeducativas, palestras e oficinas das famílias sob sua responsabilidade, sempre que possível, de acordo com as orientações do técnico supervisor; desenvolver atividades lúdicas com crianças e/ou adolescentes durante a participação de seus pais ou responsáveis em atendimentos grupais ou individuais; participar de processos de capacitação promovidos por SMADS ou pela organização parceira e participar de atividades de sistematização e avaliação em conjunto com a equipe técnica.
Carga horária: 40 horas semanais, das 09 às 18 horas.
Remuneração: R$: 1.730,27.
A organização oferece vale transporte e almoço no local.
Regime de CLT.
Os candidatos podem enviar currículo ao e-mail: sasf1@socialbomjesus.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário